Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Sonhar

Será que toda a gente sonha?

Uma pergunta que faço a mim mesma!!!

É estranho mas dá que pensar…

Sonhar é o mundo imaginativo, do outro lado do mundo, no qual não vamos poder viver… ou será que vamos? Outra pergunta sem resposta! Espero continuar a sonhar como sonho até agora, porque é uma caixinha cor-de-rosa, e ninguém sabe o que existe lá dentro…

Ou será que sabe?

tags:
publicado por sapatilhasamarelas às 17:30
| comentar | favorito

Coração

Tenho muitas coisas,

Dentro do meu coração…

Ás vezes são histórias,

Que guardo de recordação.

 

Tenho muitas recordações,

Não as posso revelar…

São coisas do coração

Que eu sempre me vou lembrar.

 

O meu coração é grande,

Não consigo imaginar…

É uma das coisas,

Que vos gostava de revelar… 

tags:
publicado por sapatilhasamarelas às 17:08
| comentar | favorito

Estrela

Brilha… brilha…

Tão cintilante.

Estrela, para mim

És muito importante.

 

Tão longe de nós

Mal te conseguimos ver.

És tão bonita,

Quem me dera poder-te ter.

 

Quem me dera ter uma estrela

Que fosse muito poderosa.

Iria chamar-lhe:

A minha estrela milagrosa...

 

 

tags:
publicado por sapatilhasamarelas às 16:34
| comentar | favorito

Comboio

 

A correr… a correr…

A tocar… a tocar…

Lá ia o comboio

Sempre a andar.

 

Comboio… comboio…

Quem me dera ir contigo.

Posso prometer-te:

Eras o meu melhor “amigo”.

 

Tão depressa e tão rápido

Ao destino tu vais ter…

Passas tão rápido

Que mal te consigo ver…

 

 

 

tags:
publicado por sapatilhasamarelas às 16:32
| comentar | favorito

A história das minhas sapatilhas amarelas

Foi pela primeira comunhão do meu irmão que se chama Rui. Estava toda apressada afinal fui comprar a roupa na véspera do grande dia… Estava atrapalhada porque não se encontrava a cor que eu queria na altura que era o amarelo! Tinha a roupa e só me faltavam as tão desejadas sapatilhas amarelas…

Percorri o shopping todo e não conseguia encontra-las… que nervos me estavam a meter as sapatilhas!!!!!

De caminho para casa vi uma sapataria… e é claro mandei o meu pai parar. Ao entrar na loja deparei-me logo com as tão desejadas sapatilhas amarelas… uffa … encontrei as sapatilhas amarelas mesmo a tempo do grande dia… enfim… e agora sou conhecida a “Nina das sapatilhas amarelas”

publicado por sapatilhasamarelas às 15:33
| comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Pétala por pétala...

. Música nas Sapatilhas

. Azul…

. Sombra…

. Pomba…

. A minha vida em rima…

. As quatro estações...

. Rapidez

. Voar...

. Cores

. Rosa...

. Saber

. Alma

. Acróstico

. Sonhar

. Coração

. Estrela

. Comboio

. A história das minhas sap...

.links

.tags

. amor

. músicas

. poemas

. pomas

. rimas

. sapatilhas amarelas

. sonhar

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds